Início

domingo, 5 de janeiro de 2014

Madrugada Da Solidão

















Te liguei na madrugada
Sei  que não é  hora de ligar,
Mas a saudade bateu, você me esqueceu
Quis sua voz escutar

Por toda vida te esperei
E hoje vivo um sonho encantado,
A primeira vez que te vi me apaixonei
E depois de anos ainda continuo apaixonado

Mais uma noite em claro e eu aqui
Pensando no seu sorriso,
Sentir seu calor, seu sabor e ter o seu amor
É tudo que eu mais preciso.

O Telefone toca e eu fico imaginando:
Será que é ela que está me telefonando?
A saudade é tamanha
Com você estou sonhando

Já está quase amanhecendo
E eu continuo te querendo,
Te amando, pensando
Porque estou sofrendo?!

O Amor é assim
Mas por você vou esperar,
Pois  quem ama sempre alcança
E você ainda vou reconquistar.

Sei que ainda vou te amar
Você está em meu coração,
Com saudade fiz essa poesia
Em uma Madrugada da Solidão




Nenhum comentário:

Postar um comentário